Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Comunicação e divulgação científica: conheça as experiências do Ibict e do MAST Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Delegação internacional da Rede Cariniana participa do IV SINPRED
Início do conteúdo da página
Quinta, 30 Julho 2020 14:50

Comunicação e divulgação científica: conheça as experiências do Ibict e do MAST

As experiências de comunicação e divulgação científica do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), ambos ligados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), foram o tema de uma live promovida pelo Ibict no último dia 29.

A live contou com a participação de Lucas Guedes, jornalista e pesquisador do Ibict; Carlos Braz, assessor de imprensa do MAST; e Douglas Falcão, tecnologista sênior do MAST. Ao longo do evento on-line, os profissionais debateram a importância da divulgação científica na produção de conhecimento.

Para Lucas Guedes, a divulgação científica é fundamental, pois faz com que a ciência possa ser amplamente conhecida por toda a sociedade. Conforme o pesquisador, é importante destacar que a divulgação científica abrange toda as áreas do conhecimento e não apenas o estereótipo do cientista que atua dentro de laboratórios. Para Lucas Guedes, a ciência, a tecnologia e inovação são indispensáveis em um momento como o atual vivido no mundo todo pela pandemia da COVID-19.

Entre os exemplos de ações realizadas pelo Ibict, Lucas Guedes citou o Canal Ciência, um serviço de divulgação científica do Ibict; e as ações educativas do projeto de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), uma iniciativa criada para fomentar o desenvolvimento da metodologia de ACV no Brasil.

Carlos Braz destacou as transformações sofridas na comunicação científica desde o início da pandemia, a partir da atuação no MAST. “Precisamos ser muito criativos e transformar os temas em uma linguagem que seja acessível para todos”, disse. O jornalista explicou que a comunicação científica traz resultados importantes para o crescimento da ciência e contou como a interação com o público infanto-juvenil é importante nos museus.

Para Douglas Falcão, a pandemia demonstrou a centralidade do acesso à Internet de qualidade para todos, ao mesmo tempo em que revelou as desigualdades sociais que boa parte da população brasileira enfrenta diariamente.  O tecnologista sênior do MAST explicou que as ações científicas com a ajuda da Internet são importantes, mas que as experiências pessoais da visitação em um museu são insubstituíveis. Além disso, Douglas Falcão reforçou a importância da educação científica e da popularização da ciência para o crescimento do país.

A live pode ser encontrada integralmente no Instagram do Ibict. Clique aqui para assistir.

Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Última modificação em Quinta, 30 Julho 2020 15:07
Fim do conteúdo da página