Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > IBICT completa 65 anos
Início do conteúdo da página
Quarta, 27 Fevereiro 2019 20:37

IBICT completa 65 anos

O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) completa, em 2019, 65 anos de atividades voltadas para a missão de promover a competência, o desenvolvimento de recursos e a infraestrutura de informação em ciência e tecnologia para a produção, socialização e integração do conhecimento científico-tecnológico do Brasil.

Fundado no dia 27 de fevereiro de 1954, a partir do antigo Instituto Brasileiro de Bibliografia e Documentação (IBBD), o IBICT é um órgão público federal da administração direta pertencente à estrutura de unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A transformação do IBBD em IBICT, em 1976, teve como objetivo preencher uma lacuna do Sistema Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico quanto à necessidade de fornecimento de informações em ciência e tecnologia. A ênfase era desenvolver uma rede de informação no País, envolvendo entidades atuantes em C&T, adotando-se para tanto um modelo de sistema de informação descentralizado.

Hoje, o IBICT tornou-se referência em projetos voltados ao movimento do acesso livre ao conhecimento; ao lançamento da incubadora do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER); da incubadora de revistas do SEER (INSEER); o Sistema de Arquivos Digitais (DSpace) e do Portal Brasileiro de Repositórios e Periódicos de Acesso Livre (OASIS.Br). A Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações utiliza as mais modernas tecnologias do Open Archives e integra os sistemas de informação de teses e dissertações nas instituições de ensino e pesquisa brasileiras. Outro produto é o número internacional normalizado para publicações seriadas (ISSN), que é operacionalizado por uma rede internacional com sede em Paris. No Brasil, o IBICT atua como centro nacional dessa rede.

Como membro da Rede Latindex, o IBICT promove esse sistema em âmbito nacional e disponibiliza para a comunidade científica e acadêmica informações confiáveis, atualizadas e qualitativas sobre a produção do conhecimento científico e da inovação tecnológica da América Latina, do Caribe, da Espanha e de Portugal.

Além disso, o IBICT é responsável pela alimentação da produção brasileira presente na rede LA Referencia, formada por nove países da América Latina que proporcionam visibilidade à produção científica das instituições de ensino superior e pesquisa da América do Sul, e promove o Acesso Aberto e gratuito ao texto completo, com ênfase especial nos resultados financiados com recursos públicos.

Para divulgar a informação científica e tecnológica no Brasil, o IBICT produz, desde 1972, a revista Ciência da Informação. Pioneira na área, a publicação quadrimestral edita trabalhos inéditos relacionados à ciência da informação e estudos e pesquisas sobre as atividades do setor de informação em ciência e tecnologia. Outro meio de divulgação do instituto é o CanalCiência, um projeto de divulgação científica e popularização da ciência lançado em dezembro de 2002.

O Programa de Comutação Bibliográfica (COMUT) é um dos produtos do IBICT que permite a obtenção de cópias de documentos técnicos científicos disponíveis nos acervos das principais bibliotecas brasileiras e em serviços de informação internacionais. O instituto atua ainda com o programa Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas (SBRT).

Outro projeto do IBICT que vem chamando a atenção da comunidade científica é a Avaliação do Ciclo de Vida (ACV). Essa metodologia mede os impactos ambientais dos processos, produtos ou atividades industriais e visa à implantação de um sistema de inventário de produtos e serviços brasileiros, fundamental para a realização de estudos da ACV e vital para o desenvolvimento da indústria nacional.

O IBICT mantém ainda, no Rio de Janeiro, o programa de pós-doutoramento que desenvolve pesquisas supervisionadas por pesquisadores do Instituto em temáticas que atendam à demanda institucional. Para tanto, conta com um núcleo consolidado e reconhecido de pesquisadores-doutores, bolsistas de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Também possui programas de mestrado, doutorado e pós-graduação em ciência da informação. O Laboratório Interdisciplinar sobre Informação e Conhecimento (Liinc) é coordenado pelo IBICT em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

No momento em que completa 65 anos de existência, o instituto toma novos rumos em ações de cooperação internacional, colaborando para disponibilizar à comunidade científica e tecnológica brasileira o acesso às bases de dados internacionais.

O IBICT tem atuado no desenvolvimento de pesquisas, serviços e produtos de informação, com expertise na criação de sistemas de informação que incorporam padrões internacionais e promovem a interoperabilidade com outros sistemas de instituições parceiras. Com base nessa experiência e à luz de sua missão, o IBICT identificou a importância dos sistemas CRIS (Current Research Information System) para organização e acesso a informações sobre a atividade de pesquisa em ciência e tecnologia no País e sua capacidade de contribuir com essa ação. Assim, o Instituto investiu na realização de estudos, levantamentos e análises sobre sistemas CRIS, formalizou parcerias com instituições brasileiras de fomento à pesquisa e com organizações europeias líderes no desenvolvimento desses sistemas. E, a partir do modelo europeu, criou o projeto BRCRIS, cujo primeiro protótipo abrange informações sobre pesquisas em saúde financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (FAPEAL) e disseminadas pelo Programa PPSUS, do Ministério da Saúde.

Núcleo de Comunicação Social do IBICT

Última modificação em Quarta, 27 Fevereiro 2019 20:38
Fim do conteúdo da página