Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Mostrando itens por marcador: repositorios
Início do conteúdo da página

O coordenador do Laboratório de Metodologia de Tratamento e Disseminação da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (COLAB/Ibict), Washington Segundo, foi convidado para ministrar um webinar sobre "Repositórios de Dados de Pesquisa da Região Norte". O evento on-line foi realizado pela Rede Norte de Repositórios Institucionais (NORTE/RIAA), no dia 24 de junho.

Durante a palestra, Washington Segundo reforçou a relevância dos repositórios de dados de pesquisa. "Assim como o repositório de publicações científicas, o repositório de dados de pesquisa é utilizado para compartilhar e reutilizar os dados. Além disso, traz visibilidade para as instituições que têm repositório de dados. Possibilita, ainda, os processos de gestão, pois permite saber quais áreas estão produzindo mais conjuntos de dados e os investimentos que devem ser feitos. E permite a preservação e a economia de recursos", explicou o pesquisador.

Ao longo da apresentação, Washington Segundo discutiu questões importantes sobre a temática, como a diferenciação entre publicações científicas e os dados de pesquisa, as diretrizes e as infraestruturas internacionais, o uso do software Dataverse e trouxe exemplos de experiências positivas de repositórios de dados de pesquisa da região Norte.

A palestra pode ser encontrada integralmente no Youtube da Rede Norte de Repositórios Institucionais.

Acesse clicando abaixo (via Youtube).




Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

Na última quarta-feira (10), o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) realizou a segunda live QuartaàsQuatro, na qual foi discutido o tema "A Infraestutura de Repositórios de Pesquisa". A live foi liderada por Washington Segundo, coordenador do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação (COLAB) do Ibict, e contou com a participação de Leandro Neumann Ciuffo, diretor adjunto da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Durante a live, Washington Segundo e Leandro Ciuffo discutiram questões sobre a infraestrutura de repositórios de publicações científicas e de dados de pesquisas. As discussões envolvendo os repositórios fazem parte da Open Government Partnership (OGP), voltada para o estabelecimento de mecanismos de governança de dados científicos para o avanço da Ciência Aberta no Brasil.

Leandro Ciuffo reforçou o papel a ser realizado pelas instituições brasileiras, em especial as universidades, nas políticas de gestão dos dados de pesquisa. “É importante que exista uma institucionalização dos repositórios e que os dados não fiquem na mesa do pesquisador no laboratório. Essa institucionalização começa em garantir que os repositórios sobrevivam às mudanças institucionais. A nova forma de fazer ciência hoje exige que os dados sejam publicados”, disse Leandro.

Os pesquisadores destacaram que a infraestrutura a ser disponibilizada para os repositórios de dados deve estar baseada em Tecnologias de Informação e Comunicação confiáveis e estáveis, com políticas de backup definidas. Washington Segundo reforçou que as instituições precisam primeiramente prover essa infraestrutura às suas equipes, ou seja, criar uma cultura institucional de gestão de dados de pesquisa. “Somente depois dessa infraestrutura é que os pesquisadores poderão depositar seus trabalhos e fazer com que a cultura de publicação dos dados ocorra”, disse.

Ao longo da live, os pesquisadores também explicaram a respeito das recomendações de certificação de repositórios, discutiram questões envolvendo armazenamento e manutenção de dados e debateram o uso do software Dataverse para a construção de repositórios de dados de pesquisa.

A live na íntegra (com duração de cerca de uma hora) pode ser conferida na página do Ibict no Youtube, disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=IRlF2GOn6dA.


Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

Pesquisadores do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) participarão de uma série de reuniões virtuais gratuitas da Open Repositories 2021, entre os dias 1 e 4 de junho de 2020. Os encontros on-line foram uma solução proposta para o adiamento da Open Repositories deste ano, remarcada para 31 de maio a 3 de junho de 2021. A participação dos pesquisadores será com pôsteres e palestras (confira temas abaixo).

O evento, que é totalmente aberto ao público, é uma oportunidade para discussões atuais, inovações e avanços recentes sobre repositórios. O objetivo do encontro é criar espaços para aprendizado e conexões durante a semana que a Open Repositories 2020 teria ocorrido. As apresentações serão gravadas e enviadas para a comunidade Zenodo Open Repositories e para o YouTube.

A abertura do evento será realizada por Kathleen Shearer, diretora executiva da Confederação de Repositórios de Acesso Aberto (Confederation of Open Access Repositories - COAR). A diretora apresentará uma palestra no dia 1º de junho, às 11h (horário brasileiro), com o título: “Reestruturando a conversa: aplicando os princípios de diversidade, equidade e inclusão às comunicações acadêmicas” (em inglês Reframing the conversation: applying the principles of diversity, equity and inclusion to scholarly communications).

A participação no evento é gratuita e os interessados devem se registrar para cada dia e para cada sessão que desejam participar. O registro e a programação podem ser encontrados em: https://or2020.sun.ac.za/conference-programme.

Confira as apresentações com participação de pesquisadores do Ibict:

Título: A widely deployable and OpenAire-compatible DSpace usage data collector for LA Referencia
Tipo: Pôster
Autores: Matas, Lautaro; Olivares, César; de Carvalho Segundo, Washington Luís Ribeiro; Barreto Neto, Vanderlino; Vargas, Rino; Murillo, Guillermo.
Data e horário: 2 de junho, 12h30 (horário brasileiro)

Título: A pilot on usage data exchange between LA Referencia (Latin America) and OpenAIRE (EU) networks      
Tipo: Apresentação
Autores: Matas, Lautaro; de Carvalho Segundo, Washington Luís Ribeiro; Pierrakos, Dimitris; Schirrwagen, Jochen; Czerniak, Andreas; Príncipe, Pedro; Carvalho, José.
Data e horário: 1 de junho, 12h (horário brasileiro)

Título: The Entity-Relation Metamodel from Repositories to Aggregators - The case of LA Referencia and RCAAP jointship Project
Tipo: Apresentação        
Autores: Carvalho, José; Matas, Lautaro; de Carvalho Segundo, Washington Luís Ribeiro; Graça, Paulo; Lopes, Paulo.
Data e horário: 1 de junho, 12h (horário brasileiro)

Título: Discovering Trending Topics in Open Digital Repositories
Tipo: Pôster
Autores: Ramalho, Lucca Farias; de Carvalho Segundo, Washington Luís Ribeiro.
Data e horário: 2 de junho, 12h30 (horário brasileiro)

Título: Methodology for building Digital Thematic Libraries        
Tipo: Pôster
Autores: Ramalho, Lucas Farias; Quoniam, Luc; de Carvalho Segundo, Washington Luís Ribeiro Lucca and Washington.
Data e horário: 2 de junho, 12h30 (horário brasileiro)

Título: Brazilian DSpace Community: the experience to unleash collaboration        
Tipo: Pôster
Autores: Ferreira, Tiago; Segundo, Washington.
Data e horário: 2 de junho, 12h30 (horário brasileiro)

Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) de Portugal e a LA Referencia, a rede latino-americana de repositórios de acesso aberto à ciência, juntamente com a RedCLARA, a rede de P&E da América Latina, assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para fortalecer a cooperação e o acesso à informação científica entre Portugal e os países membros da rede de repositórios.

O acordo foi celebrado em 16 de setembro na cidade do Porto, no âmbito do evento Open Science Fair, e assinado por Bianca Amaro, presidente da LA Referencia e coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict, Luis Eliécer Cadenas Marín, diretor executivo da RedCLARA e Nuno Feixa Rodrigues, membro do Conselho Administrativo da FCT.

“Este MoU facilita a transferência de componentes do coletador da  LA Referencia e estabelece um marco para a colaboração e desenvolvimento conjuntos,  que permitirá a construção de plataformas comuns, distribuídas, não comerciais e com serviços de valor agregado. Hoje, com este acordo, são lançadas as bases para um relacionamento mais próximo que deve ir do mundo do Acesso Aberto à Ciência Aberta. Por fim, é um exemplo concreto de trabalho conjunto alinhado ao OpenAIRE da Europa, onde Portugal e a LA Referencia participam ”, destaca Bianca Amaro.

O memorando visa estabelecer critérios entre as duas entidades, a fim de desenvolver mecanismos de colaboração tecnológica na área de tecnologias para agregadores de repositórios de acesso aberto (como LA Referencia e RCAAP), e desenvolver a infraestrutura necessária para favorecer a Ciência Aberta. Por exemplo, entre outras áreas, visa facilitar elementos de transferência e desenvolvimento colaborativos com roteiros de componentes do software LA Referencia “LR Harvester” (sem fins comerciais) e define as diretrizes para a otimização e implementação dos serviços comuns que serão implementados na plataforma por meio de trabalho conjunto.

“Desde 2009 Portugal, através da FCT, e o Brasil, por meio do Ibict vêm realizando diferentes iniciativas conjuntas na área de Acesso Aberto e Ciência Aberta. A assinatura deste memorando resulta na expansão da cooperação para a América Latina, que, por um lado, aumentará o impacto e a visibilidade do conteúdo de acesso aberto e, por outro, aumentará a inovação e reduzirá os custos de desenvolvimento de software", afirma Nuno Feixa Rodrigues da FCT.

A cooperação beneficiará os países membros da LA Referencia, representados pelas seguintes organizações de Ciência e Tecnologia: Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (Argentina); Ibict (Brasil); Colciencias (Colômbia); Conare (Costa Rica); Conicyt (Chile); Senescyt (Equador); Ministério da Educação, Ciência e Tecnologia (El Salvador); Conacyt (México); Concytec (Peru), ANII (Uruguai) e RedCLARA.

Desde a sua criação, a LA Referencia acompanha as estratégias nacionais de Acesso Aberto na América Latina, estabelecendo padrões de qualidade, promovendo a implementação de uma plataforma de busca e recuperação de documentos científicos, capacitando seus países membros e firmando acordos para potencializar a visibilidade da ciência regional.

Para Cecília Leite, diretora do Ibict, o acordo de cooperação vai contribuir para promover o acesso e a visibilidade da produção científica brasileira. “O Acordo de Cooperação reflete uma parceria muito positiva. Nós trabalhamos de forma conjunta no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas, de arquitetura de informação e integração de banco de dados. A partir dessas parcerias, a produção científica brasileira em acesso aberto pode chegar na América Latina e Europa”.

Pioneiro no movimento de Acesso Aberto na América Latina, O Ibict trabalha na missão de criar e impulsionar repositórios de produção científica. Em 2002, o instituto criou a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), que integra os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas instituições de ensino e pesquisa do Brasil. Em 2006, foi criado o Oasisbr, portal que permite o acesso gratuito à produção científica brasileira de autores brasileiros vinculados às universidades e institutos de pesquisa.

O Ibict é parceiro da LA Referencia desde sua criação. Além de apoiar a estruturação da rede, o Ibict atuou no desenvolvimento de seu sistema de coleta. Em 2019, a LA Referencia elegeu Bianca Amaro, do Ibict, para um mandato de dois anos na presidência da rede.

Sobre a Fundação para a Ciência e Tecnologia de Portugal

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia é o órgão público nacional de Portugal que apoia pesquisas em ciência, tecnologia e inovação em todas as áreas do conhecimento. Entre os serviços desenvolvidos, está o portal RCAAP, que visa coletar, agregar e indexar o conteúdo científico em Acesso Aberto dos repositórios institucionais das entidades nacionais de ensino superior e outras organizações de P&D.

O portal RCAAP é um ponto único de pesquisa, descoberta, localização e acesso a milhares de documentos científicos e acadêmicos, incluindo artigos de revistas científicas, documentos de conferências, teses e dissertações, distribuídos por vários repositórios portugueses. Com a assinatura do acordo, o portal RCAAP e o mecanismo de busca LA Referencia poderão recuperar de suas plataformas o conteúdo dos repositórios institucionais coletados por cada nó agregador, melhorando assim a visibilidade da busca nas pesquisas acadêmicas.

 Com informações da rede LA Referencia

 

Publicado em Notícias
Fim do conteúdo da página