Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > A COVID-19 e o Setor de Bibliotecas em Termos Mundiais
Início do conteúdo da página
Sexta, 15 Mai 2020 11:23

Evento discute a Gestão da Informação no cenário da Transformação Digital

Evento discute a Gestão da Informação no cenário da Transformação Digital Andréia Fleury

Entre os dias 22 e 24 de julho de 2020, será realizado o eDOC Online Engenharia, o primeiro evento no Brasil que o seguimento de Gestão da Informação fará sobre o assunto.

Com o tema Engenharia & Gestão da Informação no cenário da Transformação Digital & Cases Paperless, o evento vai reunir os melhores especialistas da área para discutir as principais tendências, perspectivas e aplicações da transformação digital na Gestão da Informação e documentação em projetos da Engenharia 4.0.

O eDOC será realizado em três dias, divididos em painéis temáticos com os assuntos mais atuais da área, contando com debates, mesas-redondas, exposições individuais e em grupo em um espaço virtual para interações e questionamentos do público para cada apresentação.

Entre os palestrantes confirmados está Thiago Rodrigues, engenheiro florestal e pesquisador do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), que vai falar sobre a Gestão da informação tecnológica para sustentabilidade e quais são as perspectivas da Engenharia 4.0 e Sociedade 5.0.

Para Thiago, a sustentabilidade é a condição para a manutenção tanto de indivíduos quanto de sociedades, de microempresas a conglomerados empresariais, de córregos a oceanos. “Trata-se de um equilíbrio dinâmico entre várias dimensões, sendo as mais conhecidas a ambiental, a social e a econômica. Cada uma delas, por sua vez, se amparam em muitíssimos indicadores que vão conjuntamente chancelar o grau ou nível de sustentabilidade de cada uma”.

O especialista analisa que o século XXI é o auge da sociedade da informação, momento em que os dados são “novo petróleo" e fomentam a quarta revolução industrial e a Engenharia 4.0 é um dos pilares dessa revolução, uma engenharia fundamentada em compartilhamento de dados em qualquer etapa do processo produtivo.

O termo Engenharia 4.0 surge quase que simultaneamente ao da Indústria 4.0, a partir do desenvolvimento de novas tecnologias de produção que surgiram após as três revoluções industriais caracterizadas principalmente pelos avanços das áreas de mecânica (1780), elétrica (1870) e automação (1969). Neste sentido, a indústria 4.0 (2000+) tem como base enfoques na internet das coisas, em segurança, em big data analytics e em inteligência artificial, por exemplo.

Fazem parte da Engenharia 4.0, segundo informações da Faculdade de Rondônia, os aplicativos que ajudam a listar e organizar rotinas de trabalho; softwares e plataformas que contribuem para o planejamento e a gestão de projetos; programas de desenho técnico e construção de modelos 3D e robôs que auxiliam o trabalho nas linhas de produção.

Entretanto, o pesquisador alerta que não estamos ainda, a rigor, na sociedade 4.0 ou na sociedade da informação, uma vez que há milhões de excluídos, sem acesso aos equipamentos para se incluir pela internet. “Não podemos falar em sociedades avançadas enquanto tivermos tantos à margem. A inclusão de todxs é condição para a sustentabilidade, o ‘novo petróleo’ deve ser de todxs”. Daí a importância de discutir estes temas no âmbito da sustentabilidade e da engenharia.

Além da apresentação de projetos temáticos e cases de empresas públicas e privadas que abordam a relação entre Informação e Engenharia, serão discutidos temas como Digital Governament: soluções práticas para um governo digital em projetos de Engenharia; Gestão e fluxo da Informação na Engenharia: ambientes, ações, processos e ferramentas colaborativas; e Ambiente Paperless: como conviver com a gestão híbrida na Engenharia e avançar?

O evento é 100% online e gratuito. A programação completa pode ser acessada aqui e as inscrições já podem ser realizadas neste link.

Lucas Guedes
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Última modificação em Sábado, 16 Mai 2020 12:30
Fim do conteúdo da página