Banner ACVCarinianaOasisbr

Sala de Imprensa

Ciência Aberta é analisada na teoria e posta em prática

Ciência Aberta é analisada na teoria e posta em prática

Sarita Albagli (à esquerda) explica a importância do projeto para a academia e a sociedade.

No período de 01 a 05 de junho de 2015 será realizado em Ubatuba (SP) o evento Tropixel Ciência Aberta. O objetivo é criar pontes com os atores sociais envolvidos ou impactados pela produção científica feita na cidade. Serão realizadas oficinas, debates e um laboratório de ciência aberta. O evento é uma realização da plataforma Ciência Aberta Ubatuba, promovida pelo IBICT, Ubalab e pela Rede Internacional de Ciência Aberta e Colaborativa no Desenvolvimento (OCSDNet), com o apoio da Prefeitura de Ubatuba, Infoamazônia, Ecotrip e Pimentalab.

O evento faz parte das atividades do projeto "Ciência Aberta e Colaborativa no Desenvolvimento”, coordenado pela pesquisadora do IBICT, Sarita Albagli, e financiado pelo Centro Internacional de Pesquisa em Desenvolvimento do Canadá (IDRC) e pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional, do Reino Unido. “Trata-se de uma pesquisa-ação, no município de Ubatuba, no litoral do Estado de São Paulo, visando articular o enfoque da ciência aberta e colaborativa com objetivos de desenvolvimento local, envolvendo ações junto a grupos de pesquisa e outros grupos de interesse locais”, esclareceu a pesquisadora.

Dentre os motivos levantados para a realização na cidade de Ubatuba, destacam-se “a existência de significativa atividade de pesquisa científica sobre essa região; e por congregar experimentos diversos comprometidos com o conhecimento aberto e valores da cultura livre digital, e iniciativas de desenvolvimento local participativo. O projeto pretende ampliar o entendimento dessas novas práticas de produção e comunicação em ciência e no estreitamento das relações com a sociedade”, enfatizou a pesquisadora.

De acordo com Sarita Albagli, “a pesquisa contribuirá para acompanhar e gerar conhecimento sobre esse verdadeiro laboratório local de aprendizagem de experiências de inovação social em ciência aberta, bem como para a disseminação de possíveis estratégias e ferramentas comprometidas com esse enfoque”.

“A Ciência Aberta é mais que simplesmente tornar aberto o acesso a publicações e dados científicos. Trata-se de um compromisso com a ideia de que a pesquisa e o conhecimento gerado na pesquisa são bens públicos e, portanto, pertencem aos cidadãos. Práticas mais abertas e colaborativas de produção e difusão científica poderiam dar maior visibilidade pública e participação cidadã na ciência, além de laços mais estreitos e feedbacks mútuos entre os grupos de pesquisa e o amplo espectro de atores sociais”, concluiu a pesquisadora.

O projeto pode ser acompanhado na plataforma e no blog Ciência Aberta Ubatuba, que promove a articulação entre pesquisa científica, comunidades e organizações sediadas na cidade de Ubatuba. Além da página wiki e do site da OCSD.

Plataforma Ciência Aberta Ubatuba - http://cienciaaberta.ubatuba.cc/

Blog - http://cienciaaberta.ubatuba.cc/blog

Página wiki - https://pt.wikiversity.org/w/index.php?title=Pesquisa:Ci%C3%AAncia_Aberta_Ubatuba#An.C3.A1lise_Institucional_e_Desenvolvimento

Site da OCSD - http://ocsdnet.org/ciencia-aberta-ubatuba-ubatuba-open-science-brazil/

 

Programação oficial do evento e inscrições no Tropixel Ciência Aberta disponíveis em http://tropixel.ubalab.org.

Eula D.T.Cabral

Fonte: Sarita Albagli

Créditos da imagem: https://pt.wikiversity.org/w/index.php?title=Pesquisa:Ci%C3%AAncia_Aberta_Ubatuba#An.C3.A1lise_Institucional_e_Desenvolvimento

Data da Notícia: 28/05/2015 17:05