Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

I Seminário Escola do Trabalhador: Estado da Arte, Desafios e Perspectivas

 

O I Seminário Escola do Trabalhador: Estado da Arte, Desafios e Perspectivas foi realizado no dia 5 de junho de 2018, em Brasília, com o objetivo de apresentar os resultados obtidos até o momento e as perspectivas para as próximas etapas do projeto.

A Escola do Trabalhador é uma das ações implementadas pelo Ministério do Trabalho (MTb), em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), visando a qualificação de milhares de trabalhadores brasileiros e o combate ao desemprego por meio de cursos de ensino a distância. Os cursos disponibilizados são online, abertos à sociedade, com acesso irrestrito, gratuito, sem necessidade de escolaridade prévia e com certificação realizada pela Universidade de Brasília (UnB) como cursos de extensão.

A mesa de abertura (foto) foi composta por representantes das instituições relacionadas ao projeto: Thérèse Hofmann Gatti, coordenadora do Projeto de Pesquisa Programa de Empregabilidade: Qualifica Brasil - Escola do Trabalhador, Suely barroso, coordenadora de gestão operacional do Codefat, Cecília Leite Oliveira, diretora do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Luiz Henrique Machado, chefe da assessoria especial de controle interno do ministério do trabalho, Helena Eri Shimizu, decana de Pós-Graduação (DPG) da Universidade de Brasília e Higino Brito Vieira, diretor de Políticas de Empregabilidade do Ministro do Estado do Trabalho.

Durante a fala de abertura, Higino Brito Vieira ressaltou que o ensino a distância para qualificação de trabalhadores já é um pleito antigo do Ministério do Trabalho e Emprego que está se concretizando. Segundo o diretor de Políticas de Empregabilidade do Ministro do Estado do Trabalho, “os resultados que estão sendo adquiridos nesse curto espaço de tempo são absolutamente relevantes e têm importância fundamental para que possamos fomentar a empregabilidade no país.”

Após a abertura do evento, Thérèse Hofmann Gatti, Cecília Leite Oliveira e Higino Brito Vieira seguiram com a apresentação do Programa de Empregabilidade: Qualifica Brasil - Escola do Trabalhador. Nesse momento, foram mostrados os dados gerais do programa e a concepção do projeto. Para Cecília Leite Oliveira, diretora IBICT, o projeto é um passo importante para a solução do problema da empregabilidade no Brasil. “A pesquisa não tem sentido se ela não tiver uma utilização social, e essa parceria público-público, entre governo e universidade permite que, juntos, façamos contribuições para a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros”, afirmou.

Nos painéis seguintes, Tiago Braga, coordenador de tecnologias aplicadas a novos produtos e Francisco Rocha, pesquisador do IBICT, apresentaram o processo de desenvolvimento do portal da Escola do trabalhador e um protótipo para uma segunda versão, baseado nos requisitos do público-alvo.

O portal da Escola do Trabalhador pode ser acessado no endereço www.escola.trabalho.gov.br

 

Francisco Rocha

Programa ACV/IBICT

Créditos da imagem: Programa ACV/IBICT

Data da Notícia: 05/06/2018 13:00