Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

Para ministro, participação dos jovens na ciência é fundamental para o desenvolvimento do país

Para ministro, participação dos jovens na ciência é fundamental para o desenvolvimento do país

Ministro Kassab durante abertura da SNCT 2017

 

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) chega à sua 14ª edição com a capacidade de atrair os jovens brasileiros para o caminho da pesquisa e do conhecimento. A avaliação é do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que inaugurou nesta terça (24) a feira montada no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília, onde se espera a visita de 100 mil pessoas até domingo (29).

“Os jovens e em especial os estudantes que aqui comparecerem poderão conhecer o que há de mais avançado na tecnologia brasileira”, afirmou o ministro. “Muito conhecimento será absorvido, mas, mais do que isso, essa feira pode despertar junto à juventude suas vocações para a ciência, algo fundamental para o crescimento e o desenvolvimento do nosso país.”

Kassab expressou a “imensa preocupação do MCTIC quanto à necessidade de apoio maciço da sociedade brasileira” para convencer a equipe econômica do governo federal e o Congresso Nacional da necessidade de injetar mais recursos em ciência, tecnologia e inovação. “Precisamos corrigir essa enorme distorção. O Brasil carece mais do que nunca deste apoio.”

O secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTIC, Jailson de Andrade, anunciou o tema da 15ª SNCT, prevista para outubro de 2018: “Ciência para a redução das desigualdades”. A inspiração é a Agenda 2030 e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). “O foco será o ODS 10, que trata da redução das desigualdades, um desafio do mundo inteiro, seguramente, mas mais acentuado em alguns lugares”, explicou. “O MCTIC acredita que tanto a ciência quanto a tecnologia e a inovação, que são suas consequências, podem e devem ajudar a reduzir as desigualdades.”

O presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Ildeu Moreira, destacou a presença da 14ª SNCT em 1,2 mil cidades. “Precisamos chegar aos mais de 5,5 mil municípios brasileiros e certamente vamos fazê-lo, como a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas [Obmep] já praticamente conseguiu”, disse. “A Semana Nacional é o maior evento de educação científica do mundo, porque acontece de Roraima ao Rio Grande do Sul. A China não tem algo desse tipo. Os Estados Unidos e a Europa têm apenas atividades localizadas. Então, o Brasil organiza a maior olimpíada de matemática e a maior semana nacional de ciência e tecnologia do planeta, em relação ao espaço territorial que elas ocupam.”

Realizada nacionalmente desde 2004, sempre no mês de outubro, a SNCT é coordenada pelo MCTIC e conta com a colaboração de empresas e órgãos públicos, escolas, fundações de apoio, institutos de pesquisa, museus, universidades e secretarias estaduais e municipais. A proposta é que os eventos apresentem linguagem acessível, por meios inovadores que estimulem a curiosidade e motivem o público a aprofundar seu interesse.

Fonte: MCTIC

Créditos da imagem: MCTIC

Data da Notícia: 25/10/2017 10:50