Banner ACVCarinianaOasisbr

Sala de Imprensa

Ministro reúne institutos de pesquisa para potencializar ações e projetos de ciência

Ministro reúne institutos de pesquisa para potencializar ações e projetos de ciência

Reunião foi realizada na sede do CNPq, em Brasília

 

Segundo Gilberto Kassab, encontro em Brasília é o primeiro de uma série para fortalecer a sinergia entre as unidades. Reunião já rendeu parceria para o desenvolvimento de projeto voltado para a estiagem no semiárido.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, se reuniu nesta sexta-feira (23), em Brasília (DF), com diretores de institutos de pesquisa e empresas vinculadas à pasta para definir prioridades e articular ações conjuntas para impulsionar o desenvolvimento científico e tecnológico do país. Segundo o ministro, este foi o primeiro de uma série de encontros acertados durante a 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, em Porto Seguro (BA), em julho deste ano.

"É uma necessidade fazer reuniões mais amplas para definir as prioridades do ministério e conhecer os principais programas e projetos que estão sendo desenvolvidos", afirmou o ministro. "Pela amplitude do ministério, fica muito difícil todos os agentes envolvidos terem pleno conhecimento das nossas atribuições. E é muito importante conhecê-las para potencializar as ações e o apoio mútuo. Essa é a primeira reunião. Outra deverá ocorrer daqui três meses. É importante para a sinergia de ações e atividades entre os institutos e unidades vinculadas ao MCTIC."

Na reunião, os diretores apresentaram os principais projetos desenvolvidos pelos institutos e entidades vinculadas, apontaram gargalos e sugeriram ações para fortalecer a sinergia entre os atores do ministério.

Na avaliação do secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC, Alvaro Prata, as reuniões são imprescindíveis para a integração da pasta. "A parceria é fundamental para o desenvolvimento e o avanço da ciência, tecnologia e inovação, pois não podemos fazer isso sem interlocução e diálogo. O MCTIC se afirma à medida que a sociedade percebe sua importância e, nesse momento em particular, contribuindo para o desenvolvimento nacional", disse.

Para o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do MCTIC, Jailson de Andrade, os encontros devem reforçar a conexão entre as unidades de pesquisa para, eventualmente, "atacar problemas específicos, reais e de interesse imediato". Ele destacou que a reunião já rendeu uma parceria entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e o Instituto Nacional do Semiárido (Insa) para o desenvolvimento de um projeto-piloto voltado para a estiagem no semiárido e no vale do rio São Francisco. "O nosso grande desafio no futuro é a integração para planejar novas ações."

Fonte: MCTIC

Créditos da imagem: Ascom/MCTIC

Data da Notícia: 26/09/2016 10:20