Banner ACVCarinianaOasisbrManifesto

Sala de Imprensa

Estudantes de Engenharia da Computação visitam o Ibict

Estudantes de Engenharia da Computação visitam o Ibict

Cecília Leite apresenta o Ibict aos alunos da UniEVANGÉLICA

 

Estudantes do curso de Engenharia da Computação da UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Goiás estiveram, nesta quinta-feira (22), conhecendo os produtos e serviços do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict). No total, 32 alunos foram recebidos pela diretora do Ibict, Cecília Leite.

A diretora do Ibict contou que está sendo implantando no instituto o programa Meninas na Ciência, uma das ações de inserção de políticas públicas de paridade no âmbito do MCTI, que tem por objetivo fomentar o ingresso de mais mulheres pesquisadoras em todas as áreas do conhecimento para o fortalecimento do desenvolvimento da pesquisa científica, tecnológica e de inovação do Brasil.

“A ideia é que durante as férias de julho, as alunas fiquem sob a supervisão de uma pesquisadora e vivenciem toda a sua agenda científica do período, despertando, assim, o interesse pela carreira científica. Digo isso, pois aqui, hoje, vocês terão apenas algumas horas para conhecer o nosso trabalho e as nossas pesquisas e saber de que forma elas impactam e contribuem para o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da pesquisa no país”, ressaltou, lembrando que “a pesquisa é fundamental para o avanço do conhecimento”.

Luciana Nishi, professora de Engenharia da Computação da UniEVANGÉLICA, que acompanhava a visita dos alunos ao Ibict, disse que a expectativa é de que os alunos compreendam melhor o que seja uma pesquisa, pois eles têm uma dificuldade natural com relação a isso. “A informação e a tecnologia estão além dos muros de uma instituição de ensino”, enfatizou.

Para o estudante do quarto período do curso de Engenharia da Computação da UniEVANGÉLICA, Guilherme Machado, a visita ao Ibict é importante por possibilitar conhecer melhor a área de Ciência e Tecnologia, assim como entender um pouco mais sobre pesquisa e o meio científico.

Na ocasião, o vídeo institucional do Ibict foi apresentado aos alunos. Hélia Chaves, coordenadora de Redes e Serviços de Informação de Novos Produtos, explicou como funciona o Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas (SBRT), uma rede formada por instituições com grande reconhecimento nacional, que fornecem gratuitamente informações tecnológicas visando melhorar a qualidade do produto ou do processo produtivo. Também foi apresentado por Bianca Amaro, coordenadora do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação do Ibict, o Acesso Aberto à Informação, como o Portal Brasileiro de Publicações Científicas de Acesso Aberto (Oasisbr), entre outros serviços.

Daniela Cunha

Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Créditos da imagem: Daniela Cunha

Data da Notícia: 23/09/2016 10:10