Banner ACVCarinianaOasisbr

Sala de Imprensa

Biblioteca Nacional de Brasília abre ao público nesta quinta-feira

Mais uma das obras projetadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer para a capital da República, a Biblioteca Nacional de Brasília (BNB) abre as portas ao público nesta quinta-feira (11/12/08). O evento de abertura acontecerá às 18h30min e contará com a presença especial do próprio Oscar Niemeyer.

Na ocasião, será assinado um termo de cooperação entre os ministérios da Ciência e Tecnologia, da Educação, e da Cultura, e o Governador do Distrito Federal, para garantir a operação da BNB. O evento acontece na própria BNB, no Conjunto Cultural da República.

Após a assinatura do acordo, autoridades, jornalistas e o público em geral serão convidados a conhecer os serviços que estarão disponíveis. A Biblioteca Nacional de Brasília, a primeira grande Biblioteca de Língua Portuguesa do Século XXI, será uma referência em oferta de serviços digitais para a população.

Totalmente gratuita, a Biblioteca oferecerá à população, das 9h às 21h, acesso público à internet com 51 computadores, adaptados inclusive para atendimento a portadores de necessidades especiais; um Centro de Produção Digital, onde qualquer cidadão poderá criar, em 10 estações de trabalho, produtos com conteúdos originais, editar vídeos ou desenvolver websites; e Salas de Treinamento para mini-cursos dirigidos para a capacitação digital.

Haverá ainda um Espaço Infantil, a ser destinado para utilização e alfabetização digital para crianças desde os cinco anos de idade; auditório para apresentações e conferências; área ampla para leitura e espaços de convivência, destinados a lançamentos e exposições literárias. Também haverá na BNB um acervo com projeções sobre a história das Bibliotecas da Língua Portuguesa, constituído por um túnel formado por imagens projetadas e textos fixos em duas paredes.

No Hall de entrada da Biblioteca, o usuário encontrará uma tecnologia totalmente original: um prisma de imagens formado por três telas espelhadas que refletirão a imagem de todas as pessoas que estiverem entrando na biblioteca. A idéia é criar no visitante a percepção de que ele não está apenas entrando num local de armazenamento e acesso a informações, mas de que ele faz parte do processo de construção do conhecimento.

O ponto forte da biblioteca será, naturalmente, seu acervo de livros e conteúdos digitais e impressos, direcionados principalmente para as áreas da cultura, educação, ciência, tecnologia e saúde. As pessoas poderão ter contato in loco a qualquer dos conteúdos disponíveis, mas quem quiser poderá ter acesso remoto ao acervo digital da biblioteca, seja em formato de texto, áudio ou vídeo. O acesso remoto ao acervo, contudo, somente estará disponível a partir do meio do ano que vem.

A Viabilização Institucional e Financeira da BNB

A Biblioteca Nacional de Brasília definiu e implementou seus serviços ao público a partir de uma parceria do Ministério da Ciência e Tecnologia, por meio do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com a Secretaria de Cultura do Governo do Distrito Federal (GDF). A assinatura de um termo de cooperação entre os ministérios da Ciência e Tecnologia, da Educação e da Cultura e o GDF, no dia da abertura da BNB ao público, irá garantir os recursos financeiros necessários para a manutenção da BNB até que ela seja institucionalizada na forma de uma Organização Social (OS), sob supervisão da Secretaria de Cultura do GDF.

O Centro de Referência de Inclusão Digital

O Centro de Referência de Inclusão Digital (CENRID), mantido pelo Ibict/MCT, atuará em várias frentes dentro da Biblioteca Nacional de Brasília. Além de ser promotor de palestras, conferências e congressos nos espaços da BNB, o CENRID fará capacitações, treinamentos e tutoriais. Também desenvolverá pesquisas de monitoramento sobre o uso e a eficácia dos espaços disponibilizados à população pela BNB. A intenção é acompanhar o modo de utilização e a efetiva utilidade de cada um dos espaços para, posteriormente, multiplicar estas experiências para todo o Brasil.

O CENRID é uma ação do IBICT que tem por objetivo viabilizar uma experiência institucional e social de uso intensivo de tecnologias digitais e de redes. Na BNB, o CENRID pretende servir como alicerce para caracterizá-la como espaço efetivo de disseminação de conhecimento, difusão cultural, científica e tecnológica para toda a sociedade brasileira.

Acesso à Internet de alta velocidade

A BNB terá conectividade à Internet com grande capacidade de banda. Todos os serviços que dependem de rede - os espaços adulto e infantil de acesso à Internet, os serviços de webconferência e a consulta remota ao acervo - serão atendidos por uma conexão com capacidade de 1 Gbps à Rede Metropolitana de Brasília. A BNB é uma das 20 instituições participantes da rede do Distrito Federal, que está ligada ao Ponto de Presença da RNP local. O projeto Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia coordenada pela RNP, é responsável pela implementação de redes como essa em todo o país.

Cronograma de Abertura ao Público

A solenidade de abertura da Biblioteca Nacional de Brasília ao público no dia 11 de dezembro deverá contar ainda com a presença do Secretário de Cultura do GDF, Silvestre Gorgulho, do Diretor do Ibict, Emir Suaiden, e do Diretor da RNP, Nelson Simões.

O evento marcará simbolicamente a efetiva disponibilidade da BNB a toda a população e servirá para a assinatura do convênio interministerial destinado a viabilizar a manutenção e a gestão da Biblioteca.

Serviços à população

A partir do dia 11 de dezembro, nesta que consistirá a primeira fase da implantação de serviços, estarão disponíveis à população:

• Espaço CLIC, local de acesso à Internet e periódicos impressos;

• Espaço Infantil, sala de acesso à Internet e periódicos impressos para crianças de 5 a 10 anos;

• Sala de cursos, oferecidos pela Biblioteca à população em geral;

• Auditório equipado com webconferência;

• Empréstimo restrito de livros;

• Hall de Exposições;

• Site da BNB, com cadastramento de usuários via web;

• Salão de Leitura do 2º e 3º andares;

• Salas de estudo individual e em grupo;

• Guarda-volumes.

Nas próximas fases, a Biblioteca deverá oferecer outros serviços, conforme cronograma:

• Março/2009 – Ativação das Poltronas Multimídia;

• Abril/2009 – Abertura do Centro de Criação Digital;

• Julho/2009 – Consulta e empréstimo do acervo da BNB, e consulta ao acervo pela Internet;

• Setembro/2009 – Abertura do salão do 4º andar para estudo e leitura.

Mais informações:

Assessoria de Comunicação do IBICT

Telefones: (61) 3217-6369/3217-6491

10.12.08

Data da Notícia: 10/12/2008 11:21